Garagem e lugar de automovel

Não importa quantos depósitos existem nas garagens dos condomínios residenciais e nem o número de moradores, o fato é que sempre haverá uma bicicleta, um carrinho de bebê ou uma prancha de surf nas vagas.

Muitos condomínios possuem depósito no subsolo e esses espaços servem justamente para manter as garagens organizadas. Imagine a bagunça que viraria se cada morador resolvesse "guardar" um objeto pessoal ao lado de seu carro? 

Apesar de não ser o assunto que mais resulta em advertências e multas, alguns moradores, uma vez que a garagem é propriedade particular de cada unidade, entendem que têm permissão para usar o local como depósito. "Existem casos de condôminos que fazem reformas e armazenam material de construção nas vagas", diz a gerente geral de condomínios do Grupo Itambé, Vania Dal Maso. 

A Convenção de Condomínio deve dispor sobre o uso das vagas de garagem, suas características (uso coletivo, sorteios, vagas de visitantes, de deficientes e etc) e as penalidades no caso de infrações.

Quando aparecem casos como esse, a administradora toma as providências previstas na convenção do condomínio. "Primeiro enviamos uma notificação ao proprietário. Caso não resolva, aplicamos uma multa com valor baseado na convenção do condomínio, que pode ser duplicada ou triplicada". 

Se os objetos estiverem em áreas de acesso ou em locais que não são as vagas propriamente ditas, o síndico poderá providenciar a remoção - depois de advertir e multar - e a guarda dos bens, comunicando o proprietário sobre o fato e que ele terá o prazo para retirada, sob pena do condomínio promover a doação dos mesmos.

Fonte: www.radioprogresso.com.br